boo-box

quinta-feira, 10 de abril de 2008

BORBOLETA

TÉCNICA BORBOLETAA imagem “http://www.colegiosaofrancisco.com.br/alfa/natacao/imagens/mergulho-158.jpg” contém erros e não pode ser exibida.




A técnica de borboleta é complexa e principalmente requer uma demanda energética muito alta. Minimizar as distâncias de borboleta, ou pelo menos maximizar a qualidade do nado é algo bastante comum nos treinamentos que visam desenvolver o nadador de borboleta.

A imagem “http://www.ci.grapevine.tx.us/Portals/0/dreamstimeweb_216865%20lap%20swimming%20swimmer.jpg” contém erros e não pode ser exibida.
Afim de evitar o supertreinamento e a superdistância do nado borboleta, algumas dicas para maximizar a técnica do nado sem a necessidade do stress do estilo no treinamento:

  • Nadar borboleta sempre em boa técnica.
  • Optar pelas distâncias menores 25 e 50 metros. Em caso de controle da técnica perfeita, isso pode ir sendo incrementado.
  • Fazer séries de borboleta + crawl incentivando o nadador a manter a técnica perfeita no nado borboleta. Ou seja, tiros de 100 nadando borboleta até quando sentir que está perdendo a correta forma de nadar. Isto pode ser por 5 metros ou coisa parecida e ser incrementado com o treinamento e a prática correta.
  • Nadar borboleta com pé de pato para melhorar a técnica e diminuir a sobrecarga.
  • Nadar borboleta com uma braçada e três pernadas, nado que é mais fácil de ser controlado por distâncias maiores.
  • Executar educativos de nado borboleta diariamente para a fixação de uma técnica correta.
  • Aumento do trabalho de pernada e pernada submersa para a melhora do nado.

Descrição

Durante o nado borboleta, o corpo fica na posição horizontal em decúbito ventral. Toda a cabeça submersa (a não ser no momento da respiração) e queixo próximo ao peito (osso externo).

A pernada no Borboleta é fundamental, pois além da propulsão, também ajuda na sustentação do corpo no momento da respiração. Elas realizam movimentos simultâneos, a partir da articulação coxo-femural (com reflexo no restante do corpo - movimento ondulatório), num ritmo ascendente/descendente.

As pernas e os pés encontram-se para trás, no movimento descendentes e ligeiramente flexionados no movimento ascendentes (até que os tornozelos atinjam o nível da água). O iniciante deve manter o quadril relaxado e concentrar a força no peito dos pés.

Foto: EFE Foto: Satiro Sodré Satiro Sodré
Kaio Márcio

Os braços entram simultaneamente na água (fase Pegada) bem à frente da cabeça na linha dos ombros.
A imagem “http://www.informacao.srv.br/cpb/img/natacao/15-1.jpg” contém erros e não pode ser exibida. A imagem “http://www.academiadeesportes.com.br/natacao_files/image004.jpg” contém erros e não pode ser exibida. A imagem “http://www.ci.grapevine.tx.us/Portals/0/dreamstimeweb_216865%20lap%20swimming%20swimmer.jpg” contém erros e não pode ser exibida.
As mãos ficam a mais ou menos 45° do nível da água, com sua palma voltada para fora, entrando na água primeiramente com o polegar. A puxada tem o padrão do "S" alongado, para cada braço, iniciando-se de forma subaquática, afastando os braços para lateral logo após a entrada na água, aproximando-se do corpo ( na altura do quadril), mantendo os cotovelos altos, coincidindo com a elevação da cabeça, respiração e pernada (movimento descendente). A finalização ocorre quando as mãos passam próximos às coxas, com a palma voltada para dentro, rompendo a linha da água primeiramente com o cotovelo. Durante a recuperação dos braços, primeiramente coloca-se a cabeça na água após a respiração, depois os braços passam pela lateral do corpo por cima da água, flexionados e os cotovelos, entrando novamente bem à frente da cabeça para iniciar a fase da pegada.

Quanto à coordenação braço-perna-respiração, inicia-se a braçada com uma pernada, e durante a aproximação das mãos (na altura do quadril), realiza-se outra pernada e a elevação da cabeça para respiração. A respiração ocorre quando as mãos estão próximas ao abdome e execução de uma pernada.


9 comentários:

Anônimo disse...

Oi, eu estou fazendo um trabalho sobre Nado Borboleta. E queria saber tudo sobre tal.
Obrigada desde de já.
Beijos'

Vivi disse...

eu faço faculdade de Educação fisica e gostaria de saber tudo sobre Natação....
Muito obrigada
Viviane

Gustavo disse...

Parabén pelo Blog, muito boa a matéria sobre o nado borboleta no próximo treino vou tentar colocar em prática as dicas vlw. Abraços

Camila disse...

um trabalho sobre nado borboleta e adorei as dikas !! PARABENS =]
E ADOREI O BLOG

daniela disse...

Muito bom esse site,meu professor vai me dar nota 10 e eu tbm vou dar nota 10 pra esse site >^.^<

Derick disse...

Cara,foi muito legal saber sobre o nado borboleta vou tentar pratica esse nado.

Anônimo disse...

cara eu que ja nado a muito tempo ainda e dificil pra mim nada o borbo corretamente ele exije muita força e msmo canssado vc nao pode deixar a tecnica diminuir

Anônimo disse...

isso deve ser muito dificil fazer , mas eu acho muito bonito para quem sabe parabens

picasso disse...

oi,sou patrícia e faço educação física estou sempre colado neste site que é ótimo,obrigada.