boo-box

domingo, 31 de outubro de 2010

A volta da respiração lateral no borboleta

Para quem assistiu o nosso melhor nadador de borboleta com nova técnica para a sua respiração.
A nova técnica foi um trabalho coordenado pelo técnico Luis Rafael




















A modificação é bastante significativa em relação ao Kaio dos anos anteriores
Exemplo da técnica alinhada de borboleta é Michael Phelps
Comparando a técnica de Phelps e Kaio se identifica o quanto de força é jogada fora .
Provavelmente a nova respiração de Kaio vai dar melhor alinhamento e o nadador deve subir menos, melhorando seu deslocamento a frente.

Biomecanicamente sabemos se o movimento for realizado mais baixo com o movimento para frente, a economia energética é maior, pois deve ser uma deficiência que o atleta deve ter e a única forma de corrigir e melhorar seu nado foi essa.








Você com certeza deve lembrar de Denis Pankratov na década de 90.
Foi um nadador russo, ganhador de 2 ouros olímpicos e é o atleta que revolucionou a natação moderna, ao ser o primeiro a aplicar uma nova técnica hoje utilizada por todos os nadadores, o nado submerso (ondulação submersa).
Com 16 anos, em 1990 e novamente em 1991, ganhou o Campeonato Europeu Júnior na borboleta. Em Atlanta 1996, ele ganhou duas medalhas de ouro, uma em cada 100 m e 200 m borboleta e uma medalha de prata no 4x100 m medley com seus companheiros russos. O ouro dos 100 m borboleta foi outro recorde mundial de 52s27, quebrando seu próprio recorde do ano anterior. Excepcionalmente, ele venceu os 100 m borboleta nadando por mais de 25m debaixo d'água da primeira parte, e então mais 15m subaquáticos na direção oposta. Sua técnica causou uma mudança de regras para restringir a 15m a natação subaquática (seres humanos nadam mais lento do que a velocidade que se ganha mergulhando e deslizando e usando as paredes da piscina).
Pankratov tentou repetir seu sucesso nas Olimpíadas de Sydney 2000 e terminou em 7º nos 200 m borboleta. Ele se aposentou em 2002.
Ele foi nomeado como o Nadador Mundial do Ano pela revista Swimming World Magazine em 1995 e 1996.

Um comentário:

Julio Cesar Gaspar disse...

Uma nanadora americana já usava esta técnica.